Curta nossa página no Facebook :

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets

10 de mar de 2011

Como se comportar saindo com uma menina “delicada”. Saiba o que fazer para evitar a vergonha de apanhar para o sexo oposto.




















Sim, eu voltei. E voltei para ficar, pois aqui, aqui é meu lugar! (Chega ¬¬) Oláááá amigooooos :D O papai chegou! Chegou não, voltou! E voltou com disposição e mais uma Dica de Bebum nova para vocês. Depois do fundador, criador, organizador e faxineiro do Blog Provisório, O excelentíssimo Srº Eric Gonçalves, praticamente implorar pela minha volta ao Blog (e pagar umas 2 caixas de cerveja) eu to aí de novo na atividade.

Volto com uma Dica de Bebum nova, sabe quando você tem uma amiga/mãe/irmã/esposa/namorada/peguete/ que é a “delicadeza” em pessoa? Com minhas dicas de hoje você aprenderá a não se sentir envergonhado (ou pelo menos não tanto) de se expor em público ao lado de sua amiga/mãe/tia/peguete/esposa/parceira de swing.

Pensando bem, evitar a vergonha não dá, mas dá pra você competir com ela, para ver quem supera o limite da relação social pública, vejamos. Vamos supor que vocês resolvam ver um filmezinho no cinema, seja preciso e/ou cirúrgico na escolha do filme! #PELAMORDOSMEUSFILHINHOS (twitterland) Não façam a besteira de escolher filmes do naipe de “Bruna Surfistinha” (como o bonitão aqui fez ¬¬) ou “Sandy: A Devassa”. Cheio de filme bonitinho pra ver no cinema, esses de casaizinhos melodramáticos, você vai ver um filme que mexe com o (seu) imaginário? Mas enfim, o problema não é mexer com o seu imaginário, mas sim com da sua amiga/esposa/mãe/tia/faxineira em horário de almoço. Você ter uma ereção é super-normal (alias como já diria o profeta “O músculo é involuntário” XAVIER, Chico) o problema é a sua amiga/namorada/mimimi ter uma também (é lógico que é no sentido abstrato da palavra “ereção”. Se for “concreto” o seu caso, saia dessa, você esta saindo com um travesti!). Tente disfarçar, se ela mandar uns gritinhos e/ou grunhidos estranhos (como “Ai meu Deus”, “Hum”, “Aiiin”) chame a atenção (só cuidado para não tomar um tapão nas ventas), uma dama não pode se portar desse jeito, a não ser que você possa levar alguma vantagem com isso (OHHH YEAH :P) Se você for levar alguma vantagem no fim da noite com isso, APELE! Teça comentários como, “Nossa que filme quente” “Meu Deus, está um calor insuportável aqui, que tal irmos para um lugar mais tranqüilo?” (É claro que não vai colar, mas não custa nada tentar).

Enquanto se trata do lado sexual, tudo vai tranqüilo. Apesar de sua parceira/secretária/escrava sexual/mãe/amiga/urologista ser a delicadeza em pessoa, ela é uma mulher, tem sentimentos, menstrua, e todos os bla bla blas das mulheres, você será sempre um “Homem” perto dela! Porém quando a coisa sai do lado sexual, para o lado higiênico/suíno, fudeu! (Desculpa o palavrão caralho). Escuta o que eu vou te falar, pelo orgulho masculino, nunca, NUNCA! NEVER! N U N C A perca para ela em alguma competição de arroto no cinema, ou algo parecido. Se ela arrotar, arrote mais alto! Se ela arrotar mais alto, arrote mais alto ainda! Se ela arrotar no limite dos decibéis permitido pelas cordas vocais humanas, ARROTE COM CHEIRO DE CEBOLA! Mas não perca! O papel de fazer “porquisses” num encontro é do HOMEM! Se sua parceira/namorada/mulher arroto, ganhar de você, você será desqualificado a FROUXO!
Na hora de embora, os dois estarão bêbados (com certeza os DOIS! Pois sua amiga/irmã/parceira sexual/amiga de bar, também vai ter enchido a cara, sem frescurinha, ela vai beber até dose de mijo com mel) a alegria contaminará o ambiente ao redor. Ela praticamente se esquecerá dos bons modos que sua mãe (não a sua a dela) a deu. Vai ser uma mandação de “Vai tomar no c%” “Vai pra casa do C%$¨&” sem pudor, mas não se esqueça, nesse caso o silencio é fundamental. Se você disser um “ai” meu filho, aaaaaaa meu filho (kkkkkkkkkkk) agradeça por ter dentes no fim da noite! A porrada vai comer, no sentido mais literal possível, se prepare para tomar uma surra!

Porém como rapaz tranuilo (e medroso) que sou, evitarei a briga apenas “rindo” (¬¬) dos xingamentos alheios. Enfim sãos e salvos, se despeça da maneira mais adequada do momento (sem violência, se puder, com carinho rs) e vá para sua casa agradecendo a Deus por ter sobrevivido a essa aventura que é sair com mulheres “delicadas”.

Essa foi a volta triunfal do Dicas de Bebum, se você gostou, comente, se não gostou, comente, se você não leu, comente, se vai ler, comente, se for beber, comente me convidando. Dedico esse post a minha amiga/parceira/peguete/parceira de swing/urologista/zagueira/poetiza e/ou poetera, que me inspirou a esse post (espero que ela não me violente, moralmente e fisicamente, por essa homenagem). Como ela diria: Para quem fica, a minha DICA DE BEBUM, para quem vai, a do meu pai!


Bjânus Related Posts with Thumbnails
Confira também:
As melhores fotos da semana Eu queria ser... Essa é pra casar O melhor xerox por todos os tempos Momento Hipnotizante Cosplays de asiáticas Versão canina da música da Adele E se os personagens da Disney fossem maus Eduardo Sterblitch no Programa do Jô de 22/06/12 Keep calm and Chaves Você gosta de café? TEQUILAAAAAAAAA!

Artigos Relacionados

Related Posts with Thumbnails