Curta nossa página no Facebook :

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets

14 de abr de 2010

Ética x Razão

No último programa Profissão Repórter, da TV GLOBO, uma questão intrigante me chamou atenção, sobre o que publicar ou não em uma matéria jornalística. Na ocasião, a jovem jornalista cobriu parte dos desabamentos da cidade do Rio, onde foram registrados corpos mutilados e pessoas em desespero total. Em um momento da matéria, a repórter optou por não gravar certas imagens, que na opinião dela “eram pesadas e poderia denegrir a imagem de alguém”. Questionada pelo diretor do programa, Caco Barcelos, a jovem disse que “achou” melhor não gravar aquelas cenas, mesmo sabendo que o dever do jornalista é sempre buscar boas imagens para passar mais informações ao público.
Surgi à seguinte pergunta, não é dever de o jornalista deixar o cidadão bem informado, com imagens, textos ou áudios? Será que sem querer, a jornalista manipulou a informação? Manipular algo é correto? Penso eu, se um veículo de comunicação se propõem a cobrir tragédias, como por exemplo, as do Estado do Rio de Janeiro e não mostrar certas imagens, isso é censura, mesmo que subjetiva. Acobertar alguns momentos, mesmo que dramáticos de familiares não é certo, pois há necessidade de relatar para os telespectadores.
Acho que estou sendo muito pesado e dramático. Mas, até que ponto a ética de cada jornalista (ou o bom senso) pode interferir na profissão? Related Posts with Thumbnails
Confira também:
As melhores fotos da semana Eu queria ser... Essa é pra casar O melhor xerox por todos os tempos Momento Hipnotizante Cosplays de asiáticas Versão canina da música da Adele E se os personagens da Disney fossem maus Eduardo Sterblitch no Programa do Jô de 22/06/12 Keep calm and Chaves Você gosta de café? TEQUILAAAAAAAAA!

Artigos Relacionados

Related Posts with Thumbnails